Tudo Sobre o Cacto Orelha de Mickey (Opuntia Microdasys)

Procurando por um cacto de fácil cultivo e de aparência bonita para ter em casa? Então saiba que o cacto orelha de Mickey é tudo isso e mais um pouco!

O cacto orelha de Mickey (também conhecido como opúntia, palma brava ou orelha-de-coelho) pertence a família cactaceae, dos cactos e suculentas, e é originário do México.

Capaz de aguentar altas temperaturas e também tolerar o frio, o cacto opuntia microdasys possui um ciclo de vida perene e também irá manter a sua aparência pequena, redondinha e fofa para sempre, caso tenha o cuidado adequado.

Se você é iniciante na jardinagem e tem medo de escolher uma planta muito complicada para cuidar (e sem querer acabar matando ela), então os cactos e as suculentas serão a sua melhor escolha, principalmente o cacto orelha de coelho.

De muito fácil cultivo, esse cacto é capaz de viver tranquilamente por um longo tempo até com o menor dos cuidados, não sendo necessário nenhum tipo de atenção especial em nenhum momento.

Neste artigo, descubra tudo o que você precisa saber sobre o cacto orelha de Mickey (opuntia microdasys), como: aparência da planta, cuidados necessários, como criar mudas, dicas e muito mais!

Como é a aparência do Cacto Orelha de Mickey (Opuntia Microdasys)?

De extremo fácil cultivo, essa planta tem uma aparência bem característica de um cacto. Bem verdinha, ela cresce em formatos arredondados e achatados, que popularmente são chamadas de “orelhas” (daí, nasce os seus nomes mais comuns). Assim como outros cactos, não possui nenhum tipo de folha.

Além disso, os cactos orelha de Mickey costumam ter um crescimento bem lento e também não chegam a crescer muito, chegando a medir no máximo entre 15 cm a 20 cm.

Embora tenha uma aparência charmosa e bem fofa, é preciso ter bastante cuidado ao manusear esse cacto. Os espinhos do cacto orelha-de-coelho são bem fininhos e causam dor e incômodo a quem for espetado, além de serem complicados de serem retirados. Eles também possuem uma coloração amarelada, esbranquiçada ou avermelhadas.

Embora o nome indique a aparência de ter apenas duas “orelhas” de Mickey ou de coelho, é comum na verdade que nasça mais orelhas conforme o tempo for passando, dando um outro visual para o cacto.

Caso você tenha interesse em manter o cacto com apenas duas orelhas mesmo, uma boa dica é fazer a remoção das orelhinhas sobressalentes e, com elas, fazer a criação de novas mudas separadas.

Durante o período do verão, esse cacto pode lhe presentear com pequenas flores amarelas de cerca de 5 cm e que também podem gerar frutos arroxeados e redondos.

Como cuidar do Cacto Orelha de Mickey (Opuntia Microdasys)?

Nesta seção, você irá aprender tudo o que precisa saber sobre como cuidar do cacto orelha de Mickey (orelha de coelho/opuntia microdasys)  da maneira certa, para fazer com que a sua planta viva por muito tempo e gere várias outras mudas para enfeitar a sua residência.

Exposição ao Sol

Por ser originário de ambientes áridos e bem quentes, é importante manter o seu cacto orelha de Mickey em lugares com sol pleno, para que ele tenha muita exposição ao sol direto.

Está com medo do seu cacto orelha-de-coelho morrer ou ressecar devido às quantidades altas de luz recebidas? Então pode ficar tranquilo(a)! Essa planta é das que crescem ainda mais lindas e saudáveis na luz. Ou seja: quanto mais sol ela recebe, melhor é.

As orelhas do cacto tendem a crescer finas e muito longas, perdendo seu formato tão característico, caso a planta não esteja recebendo a quantidade adequada de luz do sol. Caso isso seja corrigido, as novas orelhas irão crescer da maneira correta, porém as danificadas não poderão voltar mais ao normal, permanecendo com a aparência fina e esticada. Por isso, fique atento(a) aos sinais do seu cacto!

Essa planta, assim como aguenta bem temperaturas altíssimas, também é tolerante ao frio. Por esse motivo, não precisa se preocupar com ela durante os períodos de outono e inverno.

Ambiente Indicado

Por precisar de muita luz solar, é recomendado deixar a sua cacto de Mickey em ambientes expostos, como varandas descobertas. Já para o cacto viver bem dentro de sua casa ou apartamento, faça questão de deixá-lo bem próximo a uma janela, permitindo que ele receba bastante luz solar direta.

Mas caso a sua residência não pegue muito sol, não precisa entrar em desespero. Basta então fazer com que, vez ou outra, a planta receba luz natural direta. Lembrando que quanto mais, melhor será.

Leia também:

Tudo Sobre o Cacto Parafuso

Tudo Sobre O Cacto Castelo de Fada

Tudo Sobre O Cacto Amendoim – Echinopsis Chamaecereus

Por se tratar de um cacto bem pequeno, o mais comum de se ver é ele ser cultivado junto a outras plantas, fazendo uma combinação com outros cactos e/ou suculentas. Em casas pequenas ou apartamentos, fica perfeito decorando alguma prateleira ou cantinho.

Tirando as informações ditas acima sobre a iluminação necessária para a planta crescer saudável, não há nenhum local onde o cacto opuntia microdasys esteja proibido de estar.

Entretanto, por causa de seus espinhos fáceis de quebrar e que doem caso espete alguém, é recomendado apenas deixá-lo longe do alcance de crianças.

Dosagem e Tempo das Regas

A rega de qualquer cacto precisa ser feita com muita cautela, para não acabar encharcando indevidamente a planta e, com isso, matá-la sem querer.

As regas então precisam ser feitas distantes umas das outras, bem espaçadamente, para que tenha tempo do cacto absorver tudo o que precisa no tempo dele. Esse cuidado deve ser redobrado no inverno, molhando seu cacto apenas quando necessário. 

O recomendado é regar apenas 1 vez por semana durante o inverno e até 2 vezes na semana durante o verão, nada mais que isso. Evite também molhar diretamente o cacto, tendo cuidado para regar somente o substrato da sua planta.

Para saber quando é preciso regar novamente a sua planta, uma boa dica é ficar atento(a) ao substrato. Caso ele já esteja extremamente seco, é sinal de que você deve regar mais uma vez.

Solo, Substrato e Adubação

Para evitar que as suas raízes apodreçam, o cacto orelha de Mickey precisa ser plantado em um solo bem drenável, de preferência que seja feito de uma mistura de terra adubada com areia (em proporções iguais!). O substrato também deverá ser bem arenoso.

Além disso, caso você esteja receoso(a) ou ache que é muito trabalho, há vendendo no mercado diversos substratos específicos para a criação de suculentas e cactos.

Seu habitat natural não é rico em matéria orgânica e por isso esse cacto não precisa ser adubado com frequência ou com muita complexidade. Qualquer adubo do tipo NPK para a manutenção está ótimo como, por exemplo, o NPK 10-10-10.

Propagação (mudas)

Esse cacto é notório pela facilidade de sua multiplicação, sendo também muito rápido criar uma nova muda dessa espécie sem nenhum tipo de dificuldade para isso. Para fazer a propagação dela, basta apenas “soltar” uma das orelhas e plantar alguns dias depois ela separada em um outro vaso diferente.

Jamais plante a muda retirada logo após o corte, pois é preciso esperar até que ela se cicatrize para evitar qualquer contaminação.

Até mesmo qualquer pedaço quebrado ou caído do seu cacto é capaz de se tornar uma nova muda pronta para crescer!

Porém, é bom manter em mente que o cacto orelha-de-coelho possui dormência no período do inverno fazendo com que seja difícil de ser propagado durante esse tempo, é recomendado fazer a sua multiplicação entre a primavera e o verão.

Variedades da Espécie

Como já dito mais acima, o cacto orelha de Mickey possui as variantes de espinhos brancos e de espinhos amarelos, chamados respectivamente de opuntia microdasys albispina e opuntia microdasys pallida.

As diferenças entre elas, além da cor, é que os espinhos da albispina são um pouco mais longos e por isso tapam mais o corpo do cacto, dando uma aparência quase que toda branquinha para a planta.

Finalizando essa família, existe também a opuntia rufida, que nada mais é que o cacto orelha de Mickey de cor vermelha. Por sua diferença, essa variedade do cacto é também mais difícil de ser encontrada à venda.

Então, caso você queira decorar o seu jardim ou o interior da sua casa com esse cacto, uma boa dica é usar essas variedades a seu favor, fazendo combinações diferentes com todas as três.

Conclusão

De fácil cultivo, esse cacto possui uma aparência fofa e bem charmosa, com um formato que lembra as orelhas do Mickey e/ou de coelhos, porém também conta com espinhos finos e bem fáceis de quebrar. É capaz de sobreviver em climas bem quentes e também em lugares frios.

Necessita de luz de sol direta, mas pode viver tranquilamente sob meia sombra ou luz difusa contanto que receba diretamente vez ou outra alguma dose de luz solar.

Chegando a medir no máximo 20 cm, embora tenha pouco apelo ornamental, essa planta é ótima para fazer composições com outras espécies diferentes de cactos e suculentas.

A planta perfeita para qualquer um iniciar na jardinagem sem nenhum medo ou preocupações!

Deixe um comentário