Tudo sobre a Rhipsalis Erecta

2 ramificações da rhipsalis erecta
@mundoverdedasandra

As plantas Rhipsalis são perfeitas para cultivar em casa, mas a Rhipsalis Erecta é uma das melhores opções para decoração, pois ela é menor que as outras e fácil de cuidar. Saiba mais sobre a Rhipsalis Erecta.

 A Rhipsalis Erecta, também conhecida como Cacto Macarrão ou Cacto Coral, de nome científico Rhipsalis Cereuscula, é uma planta tropical tanto cacto como suculenta do grupo de plantas Rhipsalis (ou Ripsális), que possui aproximadamente 35 espécies diferentes. A Rhipsalis Erecta ou Cereuscula possui pequenos caules suculentos que crescem para cima, num formato de arbusto ou coral. Cuidar da Rhipsalis Erecta é semelhante a cuidar de outros cactos suculentos, mas neste post vamos te ensinar como cuidar da Rhipsalis Erecta.

Aqui no blog Suculentas Love, você pode aprender sobre outras plantas e flores como inspiração para decorar a sua casa, em especial suculentas.

Conitnue a Ler: Plantas Orelha de Elefante: Alocasias, Kalanchoe

Ficha de Informações Sobre a Rhipsalis Erecta

um vaso cheio da rhipsalis erecta
@nice.garden_etc

Botânica da Rhipsalis Erecta

  • Nome cientifico: Rhipsalis Cereuscula
  • Nomes populares: Cacto Macarrão, Cacto Coral, Rhipsalis Erecta
  • Família: Cactaceae
  • Classe: Magnoliopsida
  • Origem: Climas quentes, porém úmidos da Flórida, Caribe, América do Sul e Central, regiões tropicais da África até Sri Lanka.
  • Época de floração: Começam a aparecer na primavera e florescem esporadicamente durante o ano.
  • Flor: Muitos não sabem, mas a Rhipsalis Erecta dá pequenos botões amarelos com flores brancas na ponta dos caules.
  • Tamanho (em média): Pequeno, mas pode crescer dependendo do tamanho do vaso.
  • Toxicidade: Não tóxico tanto para humanos quanto animais.

Plantio e Cultivo da Rhipsalis Erecta

  • Exposição: Luz solar indireta, Meia Sombra
  • Rega: Regue assim que a superfície do solo estiver seca durante a estação de crescimento. Mantenha o solo levemente úmido. Reduza a rega no inverno.
  • Solo/Acidez do solo: Mistura de solo bem drenada, rica e ligeiramente ácida
  • Multiplicação ou Propagação: Melhor propagado pelo corte de caules durante os períodos de crescimento ativo.
  • Pragas: A rega excessiva pode resultar na podridão das raízes. Cochonilha-farinhenta são as pragas mais comuns.

Sobre a Rhipsalis Erecta

rhipsalis erecta com as pontas de cor roxo  e uma florzinha amarela
@verdejar.a.vida

Os caules suculentos da Rhipsalis Erecta a tornam muito semelhante a outro cacto suculento, o cacto-lápis (Euphorbia tirucalli). No entanto, o cacto lápis cresce muito, sendo possível crescer até o teto, mesmo dentro de casa.

Descubra: 10 Espécies de Suculentas Pendentes

Ao contrário de outros cactos epífitos com flores como a Flor de maio, que produz flores grandes, a Rhipsalis Erecta produz pequenas flores, uma flor na ponta de cada caule, começando a aparecer em botão na primavera e florescendo periodicamente ao longo do ano.

Como Cuidar da Rhipsalis Erecta

A Rhipsalis Erecta é fácil de cuidar, e o jeito de cuidar dela é parecido com o jeito como se cuida de outros cactos, suculentas ou outras plantas do grupo Rhipsalis ou suculentas. Mas existem algumas diferenças essenciais para que a sua Rhipsalis Erecta prospere; aqui você vai ver como cuidar da sua Rhipsalis Erecta para que ela fique a mais bonita e saudável possível.

Solo Ideal para Rhipsalis Erecta

 Apesar de ser um cacto suculento, a Rhipsalis Erecta vai prosperar melhor num solo de mistura bem drenado, rico e levemente ácido, e não em uma mistura de cacto, que é mais leve e não contém a mesma quantidade de nutrientes.

É importante saber que embora prefira solo úmido, a Rhipsalis Erecta não tolera solo encharcado e condições prolongadas de alagamento resultarão em podridão de raízes e morte da planta.

Muitos tipos de terra e substrato funcionam bem para plantar e cultivar Rhipsalis, pois drenam bem e contêm a quantidade ideal de nutrientes para um bom crescimento. No entanto, você pode facilmente fazer sua própria mistura de terra. Mas não importa qual for o tipo de terra ou mistura que você escolher ou fizer, certifique-se de que drena bem. É fácil saber se sua mistura de solo é muito pesada. Se depois de regar a água, ela demorar um pouco para drenar em cima, a terra está muito pesada e precisa ser aerada para ficar mais leve.

Leia também: Tudo Sobre a Suculenta Barba de Moisés

Luz/Exposição Ideal para Rhipsalis Erecta

rhipsalis erecta num vaso com cristais
@mundosuculentasoficial

Cuidar da Rhipsalis é diferente de outros tipos de cactos, porque ela é uma planta que não gosta de ser colocada em plena luz solar direta. Muito sol pode queimar os caules, deixando-os com uma cor avermelhada e eles podem ficar com uma aparência murcha.

Por isso, coloque sua Rhipsalis Erecta em um lugar que tenha bastante luz solar, mas filtrada/indireta. Colocar sua Rhipsalis perto de uma janela pode funcionar bem, desde que a luz seja filtrada por uma cortina, ou desde que não entre sol direto através daquela janela.

Lembre-se sempre de observar a aparência da sua planta para se certificar de que ela está feliz e saudável.

Leia Também: Planta Jiboia: Tipos, Cuidados, Problemas comuns e Mais!

Temperatura Ideal para Rhipsalis Erecta

rhipsalis erecta num vaso marrom
@floriculturahighgarden

As plantas Rhipsalis têm como habitat natural lugares de clima subtropical e tropical, sempre quentes e úmidos. Por esta razão não coloque sua Rhipsalis em ambientes frios ou com correntes de ar. Condições excessivamente frias podem afetar negativamente a sua planta e possivelmente matá-la.

Além disso, não coloque sua Rhipsalis perto de um aquecedor ou desumidificador, para evitar que ela se queime ou seque.

A Rhipsalis Erecta floresce regularmente quando colocada em um local coberto onde as temperaturas são constantes. Mas vale lembrar que quando a Rhipsalis Erecta começa a produzir seus botões de flores, você não deve mais realocar ou mover a planta, pois existe o risco de todas as flores caírem da planta.

Se no verão ou primavera você quiser colocar a Rhipsalis do lado de fora de casa, pode colocá-la num local com sombra. Mas lembre de trazê-la para dentro de casa de novo quando o clima ficar frio.

Requisitos de Umidade para Rhipsalis Erecta

Outra característica que diferencia o cuidado do Rhipsalis da grande maioria das outras espécies de cactos é a grande necessidade de umidade desta planta. Lembre-se que a Rhipsalis é nativa de regiões tropicais e subtropicais que são constantemente úmidas. A falta de umidade causa problemas de crescimento e aparência na Rhipsalis.

Prover a umidade ideal para a sua Rhipsalis não é difícil, e existem diferentes formas de fazê-lo e atender às necessidades da planta, dando a ela as condições de umidade que ela precisa.

Confira algumas formas de prover a umidade ideal para a Rhipsalis:

  • Dependendo do tipo de vaso que estiver usando, você pode agrupar várias outras plantas em outros vasos ao redor da Rhipsalis para criar um ambiente mais úmido. Claro que se ela estiver crescendo em uma cesta suspensa, isso pode ser um pouco mais difícil, a menos que você possa pendurar várias outras plantas ao redor da Rhipsalis suspensa.
  • Uma outra opção é colocar sua Rhipsalis em um cômodo que tenha umidade naturalmente, como por exemplo um banheiro ou cozinha. Se você tiver um espaço ideal e luz adequada nesses cômodos, você pode sim cultivá-la ali.
  • Se você estiver cultivando a Rhipsalis em um jardim vertical, coloque o vaso em uma bandeja que coleta água à medida que o recipiente é drenado. Conforme a água evapora, a umidade é criada.

Requisitos de Água

muda de ripsalis erecta num vaso de coruja
@viveirocariri

Diferente de outros tipos de cactos, a Rhipsalis tem mais sede e prefere regas mais frequentes e solo ligeiramente úmido para crescer melhor. No entanto, se você ocasionalmente se esquece de regar seu Rhipsalis, ele é indulgente e tolera curtos períodos de seca. Abaixo estão as melhores práticas para rega da Rhipsalis:

  • Primavera até o verão: esta é considerada a estação de crescimento, então planeje regar sua Rhipsalis sempre que a superfície do solo secar.
  • Outono e inverno: durante as estações frias de outono e inverno, a Rhipsalis Erecta passa por dormência e o crescimento diminui. Deixe que os primeiros centímetros do solo sequem antes de regar. Você só precisa regar, digamos, a cada duas semanas. Mas sempre preste atenção para não matar a sua Rhipsalis!

Descubra: Flores Impatiens: Conheça os Cuidados da Flor Beinjinho

🌵 DICA: Verificar se é hora de regar sua Rhipsalis é fácil. Basta sentir a superfície do solo e se estiver começando a ficar seco, regue-a.

É importante saber também que você deve evitar encharcar a sua Rhipsalis Erecta ou ela pode apodrecer. Se notar que os caules estão caindo, ficando pretos ou murchando, verifique a umidade do solo. Certifique-se de que o solo e o vaso drenam bem e tome cuidado para não regar com muita frequência.

É importante também saber que a Rhipsalis Erecta não tolera longos períodos sem água, especialmente durante a estação de crescimento. Se as hastes começarem a ficar enrugadas, você está dando pouca água e a Rhipsalis precisa ser regada.

Sempre use água em temperatura ambiente.

Como Propagar Rhipsalis Erecta

rhipsalis erecta num vaso branco de fundo outras plantas
@sucucactus1

Outra vantagem da Rhipsalis Erecta é a facilidade de propagação e criação de mudas. Usando ferramentas de poda limpas, simplesmente corte uma seção do caule e plante em um recipiente. Para ter ainda mais sucesso na propagação da Rhipsalis, propague novas plantas durante a estação de crescimento da primavera ao verão.

Dicas Para Propagação de Sucesso da Rhipsalis Incluem:

  • Use um vaso com furos para drenagem no fundo, e preenchidos com uma mistura de terra rica e bem drenada.
  • Enterre a extremidade cortada da haste da Rhipsalis a cerca de 2,5 a 5 centímetros de profundidade na terra, firmando o solo ao redor.
  • Regue a terra e coloque-a em um local aquecido, recebendo luz indireta e clara, como explicado em detalhes mais acima no post.
  • A muda de Rhipsalis deve começar a desenvolver raízes em cerca de quatro semanas e após vários meses deve ter um sistema radicular totalmente desenvolvido. Cuide das mudas do mesmo jeito que cuida da planta-mãe.

Deixe um comentário