Tudo Sobre a Suculenta Echeveria Elegans

As plantas suculentas são ideias para começar uma coleção, as echeveria elegans muito de fácil cultivo, podem ser plantadas em canteiros, vasos em balcões ou em apartamentos bem iluminados, a folhagem com padrões gráficos torna a echeveria elegans sempre muito decorativa.

Echeveria Elegans – Uma Planta de Charme sem Igual

O gênero echeveria é muito vasto e compreende mais de 150 espécies. Parente da família Crassulacea, esses vegetais tem formatos geométricos bem marcados, tem origem nas zonas de semidesertos do Texas, América central e México.

As folhas carnudas com variantes de tons de cinza a diversas nuances de verde passando pelas cores purpuras formando belas rosetas arredondadas. As flores reunidas em cachos ligados por longos pedúnculos nascendo nas bordas das folhas na primavera e no início do verão.

A echeveria elegans é de fácil cultivo em vasos, potes em apartamentos bem iluminados virados com a fachada para o norte. Formam lindos maciços em primeiro plano ou em rotundas secas e inclinadas.

Echeveria elegans
@babysucculents_

Conselhos de Cuidados da Echeveria Elegans

As origens da Echeveriaa elegans tornam ela uma planta muito sensível  ao frio ou ao congelamento, por isso nas regiões mais frias do Brasil recomenda-se que ela seja cultivada ao ar livre apenas nos meses mais quentes do ano, devendo ser recolhida para uma estufa ou para interior na casa, nos meses de inverno.

O solo para o cultivo de echeveria elegans deve ser muito bem drenado e a pleno sol. Cultivos em vasos para interiores, estufas ou em varandas serão bem tolerados pela Echeveria elegans 

Quando Plantar Echeveria elegans?

Esperar pela primavera para envasar sua Echeveria elegans. Para o plantio em solo direto, esperar até outubro para melhor resultado de enraizamento.

Exposição à Luz Solar

Echeveria elegans precisa de uma excelente luminosidade e algumas horas de sol pleno por dia para não definhar.

Substrato Ideal para Echeveria Elegans

Prepare uma mistura de 2/3 de solo comum e um 1/3 de areia de rio de granulação média.O vaso deverá imperativamente ser permeável com um fundo de cascalho ou argila expandida equivalente a 20% do volume total será misturado ao fundo do vaso para assegurar uma boa drenagem da Echeveria elegans.

Leia também: 

Regas da Echeveria Elegans

Molhar uma vez por semana durante a primavera e verão, mas sempre espera o substrato secar completamente entre as duas regas. A água não deverá jamais estagnar no prato do vaso ou no fundo do cachepô correndo o risco de sua echeveria elegans apodrecer rapidamente. Durante os meses mais secos de outono e inverno pode regar até três vezes por semana seguindo sempre as mesmas recomendações de secagem entre uma rega e outra.

No verão (meses mais úmidos) uma rega por mês bastará a depender da quantidade de chuva e se você cultiva sua echeveria elegans em vasos ou em canteiros. Use sempre o bom senso e a sobriedade quando se trata de água para plantas.

echeveria elegans
@finnsplants

Adubação

Coloque um pouco de adubo especial para plantas suculentas, ou bokashi, após uma boa rega, uma vez ao mês durante o período de crescimento. Aqui vale o mesmo recado do tópico de rega: a regra de ouro é a sobriedade, plantas que recebem adubo em excesso (principalmente a echeveria elegans) se estressam e tendem a ficar mais feias, nem muito, nem pouco, apenas o necessário.

Proteção

Coloque sua Echeveria elegans em um cômodo quente durante os meses mais frio e nunca deixe ela expostas a temperaturas menores que 7 graus célsius, essa regra deve ser muito bem observada para moradores das regiões sul e sudeste, no sudeste em especial as cidades serranas entre Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, onde as temperaturas nos meses mais frios podem facilmente ficar abaixo de 3 graus com muita geada e no sul nem é necessário dizer que o risco de neve em alguns meses do inverno, torna a exposição ao exterior quase proibida.

Reprodução da Echeveria Elegans.

O principal processo para obtenção de novas plantas de echeveria elegans é pela estaquia de folhas. É um processo muito simples: corte ou tire uma folha da sua echeveria elegans (no período de verão) e coloque a folha em uma mistura de areia, em poucos dias a folha enraizará e dentro de semanas essas raízes começarão produzir novas folhas para se tornar uma nova planta para o seu jardim, ou para dar de presente para seus amigos e familiares.

A estaquia por meio de hastes ou a separação de mudas que a planta mãe produz naturalmente funcionam tão bem quanto e produzem mudas fortes e saudáveis de novas echevérias elegans bebes.

echevreria elegans berçario
@unasuculenta_mas

Pragas

Cochonilhas: esses bichinho com nome fofo infelizmente faz um grande estrago na sua plantinha ele parece com pontos pretos em alto relevo na sua echeveria elegans, parecem pontos de queimadura na própria planta, mas são bichinhos camuflados, que podem sugar toda a vitalidade da sua planta em semanas sem nem você notar. Um dos fatores que atraem as cochonilhas é a umidade, ou seja, mais uma vez fique atento às regas da sua echeveria elegans, suculenta molhada em excesso atrai pragas. Porém se o mal já está feito não se desespere temos uma dica pratica e segura para você usar: 

  • Rale meia barra de sabão de coco
  • Um litro de água
  • Um borrifador

Coloque a mistura no borrifador e borrife a mistura na planta durante o período da noite (as cochonilhas permanecem dormentes durante o dia) a mistura não causará intoxicação ou fará mal algum à planta, mas acabará com as cochonilhas, repita a operação caso a infestação seja muito grande.

Sua Echeveria elegans estará nova em folha em algumas semanas e você terá aprendido a lição sobre a sobriedade da rega em todas as plantinhas da sua casa. 

Echeveria Elegans Resumida:

  • Exposição: luminosidade grande/ sol pleno algumas horas por dia
  • Solo: Bem drenado
  • Tipo de Vegetação:  perene
  • Resistência: suporta calor tropical e clima quase desértico/ não suporta frio em excesso abaixo de 8 graus célsius.
  • Pragas e doenças: pulgões e cochonilhas

 

Gostou do conteúdo? Não deixe de compartilhar em suas redes sociais e traga mais amantes de plantas para se atualizarem com as dicas do nosso site.