10 Suculentas Ideais Para Meia-Sombra

As plantas suculentas são conhecidas por amar sol. Mas o que fazer se o seu jardim for sombreado na maior parte do dia, ou a janela do seu apartamento também não receber uma insolação adequada? Felizmente você não precisa desistir do sonho de ter essas plantinhas lindas no seu lar. Existem muitas suculentas que toleram ou mesmo gostam de terrenos e jardins à meia-sombra.

Entretanto quando falamos de sombras, nos referimos a sombras com luz parcial do sol. Será necessária uma quantidade mínima de luminosidade ou mesmo luz direta do sol. Infelizmente não dá pra colocar sua plantinha dentro de um armário escuro e esperar que ela viva. Todavia com um bom equilíbrio você ficará surpreendido com o poder de adaptação das suculentas.

Não é porque sua suculenta se desenvolve bem à meia-sombra que suas necessidades vão mudar. A maioria das variedades precisam de um mínimo de água e um solo bem drenado. Como a evaporação diminui à sombra, sua planta precisará de um tempo maior entre uma rega e outra.

Agora que você está pronto para preencher os espaços de meia sombra do seu lar, eis de presente uma lista com 10 suculentas para meia sombra.

Planta de Jade

Nome cientifico: Crassula Ovata

A planta de jade é uma das numerosas suculentas que resistem tranquilamente a longos períodos sem rega e preferente ambientes mais sombreados. Suas folhas ganham um ar mais saudável à meia sombra, com verde muito vivo, lembrando a pedra de jade. Sua planta de Jade receber luminosidade filtrada, mas não luz do sol direta, pois as bordas de suas folhas ficarão com um aspecto avermelhado, queimado pela luz direta.

Caso sua planta de jade começar a definhar por falta de luminosidade não se desespere, procure um cantinho na sua casa que tenha luminosidade por ao menos duas horas por dia e tudo estará resolvido.

Leia mais sobre a Planta de Jade aqui.

Agave Dragão

Nome cientifico: Agave attenuata

A agave dragão é uma das melhores plantas para ambientes de meia sombra. Essas plantas são muito tolerantes à super ou sub rega (um fato raro entre as suculentas). As folhas robustas não tem medo de se mostrarem e a inflorescência pode chegar até um metro de altura. Certamente a agave dragão vai preencher os grandes ambientes de meia sombra do seu jardim.

Portulaca

Nome cientifico: Portulacaria afra

Ainda pouco conhecida no Brasil a Portulaca é uma suculenta de origem africana, conhecida nos países onde é endêmica como “comida de elefante”. Ela suporta muito bem ambientes de meia sombra, pode ficar grande ou permanecer pequena em ambientes interiores. Suas numerosas folhas lhe conferem um aspecto divertido que animara o seu jardim ou apartamento.

Para a Portulaca será necessário um ambiente com maior incidência de luminosidade, ela aprecia ambientes um pouco mais quentes para que ela possa crescer viçosa.

Leia mais sobre a Portulacaria Afra aqui!

Rabo de Burro

Nome cientifico: Sedum morganianum

Originário do sul do México e Honduras, o rabo de burro é uma espécie de sedum que se adapta melhor com luz do sol filtrada (uma cortina por exemplo). A média diária de horas com boa luminosidade não é maior que quatro horas por dia, podendo o restante do tempo ficar apenas com luz indireta. Idealmente ele deverá receber luz matinal e o resto do dia podendo passar à sombra.

Tens duvidas sobre a luz solar? Olha “As Suculentas Precisam de Luz Solar?

O único, porém, dessa suculenta é seu deslocamento, as folhas dos seus ramos são muito delicadas podendo cair facilmente, procure coloca-la em local onde você não precisará se preocupar em movimentar o vaso.

Leia mais sobre o Rabo de Burro (Sedum Morganianum) aqui!

Dois amores

Nome cientifico: Euphorbia tiithymaloides

Essa suculenta tem vários nomes populares no Brasil, porém fora do país um dos nomes populares mais comuns é “coluna vertebral do diabo”. Não se deixe intimidar pelo nome assustador. Essa suculenta é boazinha e leva má fama injustamente. Curiosidades à parte, a dois amores é uma das mais belas espécies de suculentas que existe com uma alternância de folhas brácteas coloridas e folhas com verde profundo. Essa planta prefere luz indireta, mas também se dá bem em ambientes mais sombreados.

Muito cuidado com essa suculenta, a dois amores possui seiva toxica! Prefira outros tipos de suculenta caso tenha animais e crianças pequenas em casa.

Colar de perolas

Nome cientifico: Senecio Rowleyanus

Podem parecer elegantes e delicadas, mas o colar de perolas é uma planta suculenta com grande tenacidade à luz solar. Ela cresce bem à meia sombra com quase nenhum efeito sobre a beleza e saúde da planta. Se você observar um crescimento exagerado na planta, provavelmente você deve estar pesando a mão na hora de adubar o colar de pérolas. Lembre que excesso de adubo pode causar estresse e asfixiar a planta.

É uma planta polivalente, podem crescer tanto em ambientes internos, quanto externos, desde que observados os cuidados básicos com rega e replantio. O colar de pérolas também é toxica, portanto deve redobrar os cuidados com crianças e animais domésticos, sempre posicionando a plante em local fora de alcance das mãozinhas e patinhas dos nossos amados.

Flor de maio

 Nome cientifico: Schlumbergera

Flor com memória afetiva para muitos de nós, pois  nos remete a casa das nossas mães e avós, é uma daquelas flores que muitas vezes não damos muita atenção por não ser tão chamativa sem suas flores, mas quando ela resolve se mostrar, a flor de maio rouba a cena.

Apesar de causar estranhamento ela pertence à família dos cactos e suculentas, e se dá muito bem a meia sombra dentro de apartamentos com bastante luminosidade ou debaixo de árvores em jardins. A espécie é nativa do Brasil, mas um motivo para você adotar ela em sua casa.

Sendo uma das flores mais fáceis e simples de conseguir mudas e novas plantas. Sem contar o show de suas flores que vão de tons rosas até avermelhados suaves.

Stonescrops

Nome cientifico: Sedum ternatum

Uma espécie exótica para nós brasileiros o Stonecrop é suculenta originária do leste dos estados unidos, seu nome deriva do fato que ela cresce quase em todo tipo de solo (incluindo pedras – stone) e condições de luminosidade: da luz plena à sombra total, claro em seu habitat original, em nossas terras calorentas é bom cultiva-la à sombra ou meia sombra. Ela se alimenta de regas espaçadas e se reproduz sozinha, quase sem ajuda para novas mudas e plantas.

Kalanchoe

 Nome cientifico: Kalanchoe blossfeldiana

Super conhecida e comum em nossas floriculturas e Gardens, a kalanchoe é uma suculenta super versátil que vai bem desde a sol pleno até em ambientes sombreados ou meia sombra, era uma suculenta que não poderia faltar na nossa lista de 10 suculentas para meia sombra.

Pode ser cultivada dentro de casa, em sacadas e janelas, aguenta razoavelmente bem ambientes ventilados. Mas como toda suculenta tome cuidado com as regas, pois é uma planta que já reserva água naturalmente em suas folhas, não sendo necessário regas constantes.

Orelha de Gato

Nome cientifico: Kalanchoe tomentosa

Suculenta adorável como o próprio nome sugere. Vai muito bem a meia sombra, mas não gosta de sombra completa, se desenvolve muito bem com luz filtrada, o local ideal seria a alguns metros de janelas e sacadas, voltadas para o norte, onde há maior incidência de luz.


Gostou desses 10 suculentas para meia sombra? Acesse sempre o site e fique atualizado com as  principais dicas de cuidados para jardins e plantas de interiores.